“Esta cela tá quente demais!”

Os detentos do Centro de Custódia de Cuiabá – dentre os quais está um ex-governador daquele Estado – tiveram o pedido de instalação de aparelhos de ar condicionado negado pelo juiz da Vara de Execuções Penais. O magistrado argumentou que os equipamentos fragilizariam a segurança do local e concluiu dizendo que climatização tem prioridades – saúde, educação e funcionalismo, por exemplo.

***

Anúncios